Principais Materiais

Principais Materiais

Hoje o MDF, o Compensado e o Folheado, produtos derivados da madeira, aliados de forma planejada com a própria madeira maciça, são os principais materiais na confecção de mobiliário em madeira e móveis sob medida.

 

Abaixo seguem informações e especificações destes materiais de base, e suas principais variações:

 

MDF

Chapa de MDF revestida em melamina.

O MDF (Medium Density Fiberboard) consiste em um painel de fibras de madeira de densidade média, que resulta em um material uniforme, plano e denso. Empregado principalmente em móveis, se enquadra em diversos usos como um ótimo substituto para a madeira maciça.

 

Na produção do MDF, a madeira é reduzida a fibras, que são cozidas no vapor e na pressão, a fim de se separar uniformemente. Posteriormente são unidas com resinas e passam por um processo de calor e prensagem que lhe dá o formato desejado. Essa composição o torna um material excelente para pintura e usinagem, permitindo resultados e acabamentos particulares e excelentes. O bom desempenho dos painéis em MDF está ligado ao tipo de projeto em que eles serão utilizados. É importante levar em conta o tamanho, as ferragens utilizadas na montagem e os acabamentos, em especial no topo de cada painel.

 

Os painéis MDF são fabricados com alta tecnologia e seguem metodologias e normas que garantem seu desempenho quando utilizados em projetos que levam em consideração suas características. Podemos encontrar as placas de MDF no mercado com a superfície in natura ou com uma ou ambas as faces já revestidas.

 

Dimensão da chapa: 1,84m x 2,75m / Espessuras: de 3mm até 30mm.

 

 

MDF Ultra

Chapa de MDF Ultra revestido em melamina

Características básicas similares ao MDF, porém é um material resistente à umidade. Dessa forma se torna ideal para ambientes comerciais e residenciais, sujeitos a umidade, como cozinhas, áreas de serviço, lavabos, banheiros, entre outros.

 

É importante salientar que este material não é imune à água/umidade, ele é apenas mais resistente, se comparado ao MDF comum, desta forma certos cuidados são necessários, pois não devem ser submetidos ao contato direto com a água.

 

Este MDF possui uma fácil identificação por ter o miolo cor verde. Você pode encontrá-lo in natura ou revestido, porém uma desvantagem, é que ele não nos dá uma vasta opção de cores e acabamentos, como o MDF comum. 

 

 

MDF Ultra natural

Dimensão da chapa: 1,84m x 2,75m / Espessuras: de 6mm até 25mm.

 

 

 

Compensado Multilaminado

Compensado Multilaminado em diversas espessuras

Material confeccionado com finas laminas de madeira reflorestadas, secas (naturalmente ou por secagem forçada em estufa própria), sobrepostas com os sentidos dos veios alternados e em número ímpar, a fim de compensar a característica natural da madeira de se contrair e dilatar, evitando assim empenos nas peças. As laminas são unidas sob o calor e a pressão com colas especiais.

 

Uma razão comum para usar a madeira compensada em vez da madeira maciça é sua resistência a rachaduras, ao encolhimento, à torção, e ao seu alto nível de força e suporte. O compensado é usado mais comumente para confecção de estruturas, de tampos, de divisões internas e das prateleiras, portas e frentes de gavetas dos móveis.

 

Dimensões da chapa: 2,20m x 1,60m / 2,50m x 1,60m / 2,75 m x 1,60 m / Espessuras: de 4mm até 19mm.

 

Compensado Sarrafeado

Compensado sarrafeado

Chapa formada por sarrafos de madeira maciça colados lado a lado e recobertos com duas lâminas de madeira torneada, dispostas transversalmente no sentido das fibras da madeira, o que impede que o material trabalhe (contraia ou dilate).

 

Dimensões da chapa: 2,50m x 1,60m e 2,75m x 1,60m / Espessuras: de 15mm até 19mm.

 

 

Compensado Flexível

Compensado Flexível

É ideal para móveis curvos, bases ou cantos arredondados. São formados por duas ou três camadas que fornecem total flexibilidade, garantindo um acabamento impecável em laterais, móveis curvos, bases ou cantos arredondados.

 

Dimensões da chapa: 2,20m x 1,60m e 2,50m x 1,60m / Espessura: 2,7mm.

 

 

 

Compensado Naval

Compensado Naval

O Compensado Naval (ou Compensado Marítimo) é assim chamado por ser empregado nas indústrias navais para a construção de embarcações. Consiste em painel multilaminado, formado por lâminas de madeira selecionadas (reflorestadas) e coladas com resina fenólica naval, prensadas a altas temperaturas, o que o torna altamente resistentes à umidade e ao contato com a água.

 

A secagem correta da madeira utilizada (retirada de maior parte da umidade), a resina fenólica – resistente à umidade, e a aplicação de imunizantes contra fungos e cupins torna o Compensado Naval mais durável em relação a outras chapas, dobrando sua vida útil.

 

Dimensões da chapa: 1,60m x 2,20m e 1,60m x 2,50m / Espessuras: de 4mm até 25mm.

 

Madeira maciça

A madeira é um produto natural de origem vegetal que durante muitos séculos foi o principal material utilizado na confecção de móveis. Poucos materiais possuem a resistência, a leveza e a beleza comparáveis a esta matéria. Há uma variedade imensa de espécies de árvores que oferecem madeiras com características específicas para cada exigência de uso. Além disso, da mesma é possível se obter uma ampla gama de derivados que permitem o seu aproveitamento de forma mais racional e ecológica.

 

Grande parte delas, quando secas, apresenta baixa densidade, boas propriedades mecânicas e também bom isolamento térmico e elétrico. Por outro lado, se não tratadas corretamente, são sensíveis ao ataque de cupins e outros insetos, a umidade, fungos e bactérias.

 

O processo de secagem natural da madeira é lento, dependendo da espécie pode levar até meses. Somente após este processo de secagem a madeira está pronta para o uso.

 

Madeiras de reflorestamento

A madeira de reflorestamento é sustentável e “ecologicamente correta” porque vem de florestas plantadas artificialmente, onde árvores de rápido crescimento são criadas e repostas após o processo de corte que acontece de forma planejada. Elas podem substituir em diversos usos as madeiras nativas, que têm crescimento mais lento e extração mais difícil.

 

Madeiras de demolição

O termo refere-se a qualquer madeira que foi retirada em um processo de “demolição de imóveis antigos”, geralmente locais que não podem ser aproveitados. Normalmente são madeiras nativas nobres e muito resistentes, pois antigamente não existia a mesma preocupação que existe hoje em relação ao desmatamento e ao uso destas madeiras. A beleza especial da madeira de demolição vem do fato que cada tábua é diferente da outra, e a sua textura é levemente irregular, deixando aparentes os sinais do tempo.

 

Consumo sustentável da madeira

A construção civil e a indústria moveleira destacam-se como os principais setores de consumo deste material e para garantir o seu suprimento e uso sustentável, é necessário assegurar sua procedência, de origem legal e não predatória. As espécies devem preencher, além da condição de disponibilidade de estoque florestal, outros requisitos, tais como:

– ampla distribuição e ocorrência em distintas regiões de florestas tropicais;

– potencial de uso nas várias áreas e modalidades da construção civil;

– potencial de substituição das madeiras tradicionalmente usadas no setor;

– disponibilidade de informações tecnológicas de origem confiável;

– algum nível de conhecimento no mercado local, regional ou nacional;

– isenção de obstáculos legais à sua comercialização e utilização.

Atenção: Tanto as madeiras nativas, quanto as de reflorestamento devem ser certificadas, a fim de garantir o uso legalizado.

 

Desdobramento da Madeira
Tipos de Desdobramento da Madeira

 

 
Seções industriais da Madeira
 

Folha de madeira

Folhas de Madeira

A laminação é um processo de desdobramento da madeira maciça para a fabricação de painéis ou na obtenção de produto específico (lâminas), utilizado amplamente na indústria moveleira e na de decoração. As lâminas têm geralmente de 1 a 3 mm e são obtidas por dois processos:

– Torneamento: Lâminas obtidas por desenrolamento contínuo, utilizadas principalmente na fabricação de chapas compensadas.

– Faqueamento: garantem a melhor aparência e qualidade, utilizadas para revestimento de superfícies de madeira (compensados, aglomerados ou MDF) ou para a confecção de lambris.

 

 

 

 

 

Laminação da Madeira por Torneamento e Faqueamento